Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A cozinha da Patrícia

Uma breve amostra do que se passa na minha cozinha

A cozinha da Patrícia

Uma breve amostra do que se passa na minha cozinha

27.03.17

Arroz de pato à minha maneira

Patricia

IMG_20170326_120805.jpg

 

Eu adoro Arroz de Pato, embora, na maior partes das vezes que o comi em restaurantes, achei-o muito seco.

 

Então arranjei esta forma de o fazer, que o deixa húmido e muito saboroso.

 

Ingredientes

1 Pato

1/2 Chouriço

Bacon aos pedaços

2 cebolas

3 chavenas de Arroz vaporizado

100 ml de polpa de tomate

Molho de soja

Sal

 

 

Colocar o pato em pedaços dentro da panela de pressão, com o chouriço, colocar água na panela (2 dedos acima da altura da carne), e colocar um pouco de sal (não muito)

Fechar a panela e colocar em lume médio. Quando começar a ferver, contar 15 minutos.

Quando estiver cozido, e já se conseguir abrir a panela, retirar q carne para um recipiente. Reservar a água da cozedura e o chouriço.

Quando a carne já não estiver muito quente, desfiar a mesma.

 

Picar as cebolas e dividir por dois tachos.

No recipiente onde está a água da cozedura do pato, a parte de cima da mesma, é a gordura do pato. Com uma concha, retirar essa gordura, e colocar em cada um dos tachos, para se fazer o refogado. Colocar os tachos ao lume.

Tacho do arroz

Quando a cebola estiver transparente, colocar o arroz, e 1 colher de sopa do molho de soja.

 

IMG_20170326_114319.jpg

 

Deixar fritar o arroz cerca de 3 minutos, mexendo de vez em quando. Ao fim desse tempo, colocar 5 canecas da água de cozedura. Deixar cozer até a água evaporar. 

 

 

Tacho da carne

Quando a cebola estiver transparente, colocar o bacon e deixar cozinhar um pouco. Juntar depois o pato desfiado, o tomate e  uma caneca e meia da água de cozedura.

 

IMG_20170326_114720.jpg

Deixar cozinhar até a água evaporar.

 

Num tabuleiro, colocar uma camada de arroz, colocar por cima a carne e finalizar com outra camada de arroz.

Cortar o Chouriço reservado às rodelas e espalhar por cima da ultima camada do arroz.

IMG_20170326_120805.jpg

Levar ao forno para corar.

 

Espero que gostem!!!

21.03.17

Entrecosto no forno

Patricia

IMG_20170314_210022.jpg

 

 

Gosto muito de entrecosto.

Gosto de entrecosto guisado, frito, mas adoro entrecosto grelhado, quer seja na brasa, quer seja no forno.

 

Este é muito simples de fazer.

 

Ingredientes:

Entrecosto

Sal

Pimenta

Alho

Azeite

Limão

 

Acompanhamento:

Batata

Banha

Alecrim (podem usar qualquer outra erva aromática)

Sal e pimenta

 

 

Num recipiente esmago o sal, os alhos, a pimenta e a raspa de limão. Junto o sumo de limão.

Barro o entrecosto com esta mistura.

Rego com um fio de azeite e levo ao forno, na função grill (resistencia em cima) na parteleira de cima do forno. Quando estiver bem assadinho, viro o entrecosto para assar o outro lado.

 

Se quiserem também podem assar na brasa.

 

Para acompanhamento, corto batatas descascadas aos cubos e coloco num recipiente que possa ir ao microondas.

Tempero com sal e pimenta.

Coloco papel celofane a tapar totalmente  o recipiente para as batatas cozerem a vapor.

Coloco no microondas durante cerca de 10 minutos na potência maxima.

As batatas não vão ficar totalmente cozidas, nas não faz mal, pois acabam de cozinhar na frigideira.

Numa frigideira grande antiaderente , colocar as batatas, e espalhar pequenas nozes de banha.

Espalhar algumas folhas de alecrim picado.

Ligar o lume médio e deixar as baratas ficarem sem as mexer muito, até as batatas ganharem uma crosta. Nessa altura, virar as batatas.

 

Espero que gostem!

09.03.17

Croquetes de carne

Patricia

 

IMG_20170305_201621.jpg

 

Eu sou muito esquisita com croquetes.

Não gosto dos croquetes que só sabem a farinha. Às vezes parece que estamos a mastigar pastilha elástica...

 

Quando comprei a Bimby, experimentei fazer a receita que vem no livro base, mas, na minha opinião, os croquetes ficam muito moles.

Em conversa com a minha colega de trabalho, PFM, ela disse-me que a sua mãe fazia uma receita que eu, de certeza, iria gostar. E não é que gostei!!!

 

Ingredientes

 

1kg carne de vaca cortada aos quadradinhos

1 chouriço de carne

1 cebola grande

1 alho

Azeite

1 lata grande de tomate aos pedaços

1 copo grande de vinho branco

Sal e pimenta qb

3 carcaças

Ovo e pão ralado para panar

 

 

Preparação

 

Pica-se a cebola e o alho e refoga-se com o azeite.

Quando a cebola estiver transparente, coloca-se a carne e o chouriço cortado em pedacinhos, o tomate, o sal, a pimenta e o vinho.

Deixa-se cozinhar em lume brando. 

Tem que ficar molho. Se virem quem está a ficar com pouco molho, coloquem um pouco de água.

IMG_20170304_225415.jpg

 

IMG_20170304_230811.jpg

 

 

Quando estiver guisada, escorrem a carne, mas guardam o molho.

 

Eu, como tenho Bimby, pico lá a carne. Se não tiverem, tentem fazer na picadora, ou mesmo na liquidificadora, mas em quantidades mais pequenas.

 

Coloco 1/3 da carne na Bimby. Abro 1 carcaça, molho a carcaça no molho que tínhamos guardado, e coloco dentro da Bimby.

IMG_20170305_183734.jpg

 

Pico na velocidade 7 ou 8. 

 

É o pão que vai ligar a carne. Vai picar uma papa.

IMG_20170305_184502.jpg

Repito este processo com o resto da carne e das carcaças.

Quando tiverem a carne toda picada, se acharem que a carne não está bem ligada, coloquem mais um pouco de molho.

 

Deixem arrefecer.

Agora só falta enrolar os croquetes.

A minha irmã ofereceu-me a M-Press da Tupperware. Com ela torna-se mais rápido este ultimo passo.

 

Coloco a carne na M-Press e empurro a tampa

IMG_20170305_185855.jpg

Saem logo 3 filas de carne. 

 

Quem não tiver a M-Press, pode fazer de duas formas.

Ou enrola à mão, ou um coloca a carne dentro de um saco de pasteleiro, corta a ponta do saco, por forma a ficar o rolo, com a grossura que querem. Fica só faltar cortar à medida.

Depois, só é necessário cortar na medida que queremos, e passar por ovo batido e pão ralado.

 

Eu normalmente, congelo, para quando preciso de uma refeição rápida.

 

IMG_20170305_191854.jpg

 

Espero que gostem !!!!

03.03.17

Bolo de Banana recheado com Caramelo Salgado e Cobertura de Mascarpone e Chantilly, para os Anos da minha irmã "Cenoura"

Patricia

IMG_20170228_122540.jpg

 

 

A minha irmã mais nova AC, mais "tratada" por Cenoura (devido à sua cor de cabelo ) fez anos nesta segunda-feira.

Andei à procura de uma receita para o bolo dela, e lembrei-me que hà tempos vi uma receita de Cupcakes no blog Coco E Baunilha (aqui) que achei que deviam ser deliciosos, e pensei adaptar a receita para lhe fazer o bolo.

 

E ficou mesmo delicioso.

 

Bolo de Banana recheado com Caramelo Salgado e Cobertura de Mascarpone e Chantilly

Ingredientes

 

Para o recheio:


100g de açúcar

150ml de natas

50g de manteiga

1/2 colher de chá de sal grosso

 

para o Bolo:


200g de farinha de arroz

150g de farinha fina com fermento

2 colheres de chá de fermento em pó

1/2 colher de chá de sal fino

250g de açúcar

300g de manteiga derretida

4 ovos

2 iogurtes gregos

1 colher de chá de essência de baunilha

2 bananas maduras, esmagada

 

Para a cobertura:


250g de mascarpone

2 embalagens de natas frescas (c/ 30% m.g.)

75g de açúcar em pó

2 saquetas de Chantifix

corante à escolha

Preparação:

como o recheio tem que arrefecer um pouco, primeiro preparo o recheio


Aqueço as natas no micro-ondas

Num tacho alto, coloco o açúcar a derreter em lume médio, até obter caramelo não muito queimado. Junto as natas quentes. Atenção, que nesta altura, o preparado sobre e borbulha muito, por causa da diferença de temperatura (convém mesmo aquecer as natas). Também nesta altura, é normal o caramelo ficar em pedaços, mas, continuando a mexer ao lume, ele volta a derreter. 

Por fim, coloco a manteiga e o sal e continuo a mexer, até ficar um creme liso e espesso.

Deixar arrefecer ligeiramente.

Se sobrar, podem guardar no frigorífico.

Fica óptimo a acompanhar panquecas. 

 

Bolo

Pré-aquecer o forno a 180º
 
Numa taça coloco os "secos" (a farinha, o açúcar, o fermento e o sal). Noutra taça, coloco a manteiga derretida, os iogurtes, os ovos, a baunilha e as bananas e trituro/misturo com a varinha mágica. Depois de tudo triturado, junto os "secos" (normalmente peneiro com o passador de rede) e misturo bem até ficar uma massa uniforme.
 
Unto uma forma sem buraco, deito a massa e levo ao forno até estar cozido (ensinaram-me que não se deve abrir a porta do forno, até já se sentir o cheiro a bolo pela cozinha. Só cerca de 5 minutos, ou mais, depois disso é que o bolo estará cozido)
 
Deixo arrefecer o bolo ligeiramente. Corta-se o bolo em três camadas e recheia-se com o caramelo. Deixa-se arrefecer totalmente.
 
 
Cobertura
 
Quando faço chantilly, 5 a 10 minutos antes de o preparar, coloco a taça onde vou bater o chantilly e as natas no congelador.
 
Retiro a taça do congelador e bato o mascarpone até ficar mais macio. Junto as natas e bato até ficarem mais firmes. Junto o açúcar, o Chatifix e o corante, e continuo a bater até uniformizar a cor.
Decorei com o um um bico e saco de pasteleiro
 
Acho que ficou bonito, e ficou muito saboroso.
 
 
Espero que gostem!!! 

 

 

 

IMG_20170228_122556.jpg

 

01.03.17

Lasanha de Carne com Espinafres e Requeijão

Patricia

IMG_20170225_204034.jpg

 

Gosto muito de fazer comida de forno. Infelizmente, com o preço da electricidade, tenho tendência a não fazer tanto.

Tenho que ver se consigo investir num forno a lenha... 

 

Esta era a receita de Lasanha que a minha mãe fazia.

 

Ingredientes para a carne:

1 kg de Carne de Vaca e 1 chouriço de carne (peço no talho para os picarem no momento)

1 cebola grande

2 dentes de alho

azeite

800g Tomate pelado aos pedaços (1 lata grande)

210g Polpa de tomate

1 cerveja (mini) ou 20 cl de vinho branco ou outra bebida (a minha Mãe colocava Whisky e Vinho do Porto)

sal e pimenta qb

 

Ingredientes para molho bechamel:

200g vaqueiro

cerca de 300g de farinha

cerca de 1 litro de leite

sal, pimenta e noz moscada qb

 

Massa Fresca de Lasanha

200g de espinafres

1 requeijão

queijo para gratinar (normalmente uso queijo da ilha)

 

Preparação:

 

Pica-se a cebola e os alhos e refoga-se no azeite.

Quando a cebola está transparente, deito a carne e deixo alourar um pouco.

Junto depois o Tomate (pedaços e polpa), o sal, a pimenta e a cerveja (ou as outras bebidas) e deixo cozinhar em lume médio, até evaporar a quase totalidade do liquido, mexendo de vez em quando para não pegar.

 

Entretanto, vou preparando o molho Bechamel, na Bimby. Também é possível fazer ao lume, mas convém ir mexendo sempre.

Derreto a Margarina, junto a farinha, o sal, a pimenta e a noz moscada. Vou mexendo, até descolar das paredes do tacho. Depois então, junto o leite. Não coloco logo o litro inteiro de leite. normalmente, deito cerca de 800 ml, e vai-se mexendo sempre até começar a ferver (em lume médio). Nessa altura, baixo o lume, e deixo ferver mais um pouco. Se estiver muito grosso, deito mais leite. Se ficar com grumos de farinha, passo depois com a varinha mágica.

 

Montagem da Lasanha

 

Num tabuleiro, coloco um pouco da carne, umas folhas de espinafres e um pouco de requeijão espalhado por cima da carne.

Coloco as placas de Lasanha, e despejo um pouco de bechamel (ajuda a massa a cozer), e vou repetindo este processo. A ultima camadas são as placas de lasanha.

Nessa altura, despejo a totalidade do molho bechamel, e polvilho com o queijo ralado.

 

Vai ao forno até estar lourinho.

 

PS: Faço esta quantidade pois divido por dois tabuleiros. Um deles, congelo, para não ter que ter trabalho duas vezes.

Normalmente retiro do congelador na noite da véspera, e deixo descongelar no frigorífico. Depois é só ir ao forno

 

 

 Espero que gostem!

 

IMG_20170225_203612.jpg